Uma das várias causas de morte no trânsito é o consumo de bebida alcoólica somada com volante, mas poucas pessoas sabem que a porcentagem de acidentes provocados por problemas de saúde do condutor também chama a atenção. Tendo isso em pauta, o braço europeu da Ford desenvolveu uma tecnologia que monitora o coração do motorista, acionando sistemas de segurança caso esse demonstre alguma falha cardiaca.

O sistema se baseia em seis eletrodos que não precisam tocar a pele, mas que instalados no banco, trabalham em conjunto com um elaborado software e juntos fazem um acompanhamento da saúde do motorista. A Ford afirma que nos testes realizados até o momento obtiveram um nível de sucesso de 98%, demonstrando que a tecnologia mesmo longe de um lançamento comercial, possui um altissimo nível de eficiencia.

Fonte: Ford