Foi descoberto numa prisão na provincia de Heilongjiang, China, que vários prisioneiros sentenciados a trabalhos forçados em uma mina, estavam sim fazendo trabalhos forçados, mas dentro de Word of Warcraft. No jogo existe um elaborado sistema de mineração, onde na vida real os jogadores conseguem obter lucro vendendo ouro virtual. Dessa forma uma verdadeira LAN house existia dentro da prisão de Heilongjiang, onde quase 300 prisioneiros trabalhavam gerando um lucro diário por cabeça de aproximadamente 900 dólares para seus guardas. Com um sistema de turnos de 12 horas, os computadores nunca se desligavam do jogo. Os prisioneiros não viam sinal do dinheiro.

Fonte: The Guardian