Muito dinheiro é investido em propagandas para a TV, é um tipo de midia muito lucrátivo tanto para os anunciantes, como para emissoras que dali pagam suas contas. Mas é de conhecimento geral que a cada ano, menos pessoas assistem TV, ou quando o fazem, é junto de alguma outra atividade. Uma pesquisa feita pela IPG Media Lab de Los Angeles teve como objetivo entender esse fenomeno utilizando um grupo de testes.

Colocaram várias pessoas, tanto usuários de TV como de vídeo pela internet assistindo determinada programação casual, foi constatado que, 94% dos usuários de TV e que 73% dos usuários de internet dispunham de algum gadget, utilizados de forma de expandir o entretenimento visual. A maioria era de smartphones, com 60%. No final dos testes foi constatado que o nível de pessoas com atenção da TV era de 52%, quando chegava a hora do intervalo, esse nível caia para 37%.

Percebe-se no final das constas que os comerciais estão sendo sistematicamente ignorados pelos espectadores, e que a partir de agora, os gadgets serão os maiores vilões de emissoras e anunciantes. Acreditamos que uma outra pesquisa é válida: “Quem é o real vilão? Os gadgets ou a própria programação?”.

Fonte: Tech Dirt