A designer de chips ARM, que desenvolve os CPUs de praticamente todos os smartphones e tablets e videogames portáteis que se tem noticia, já possui planos de entrar no mercado de computadores portáteis, noticia esse que só cresceu com o rumor de que poderíamos ter uma versão do MacBook Air com chips ARM.

Isso de fato não deve ser encarado como grande novidade, tendo em vista que a ARM vem ganhando muita força com o passar dos anos, e seu desempenho vem crescendo muito em relação aos chips x86 que equipam desktops, servidores e notebooks. Hoje já é possível encontrar tablets com CPUs ARM dual core com 1,2Ghz de potencia e já foram anunciados para os próximos meses chips ARM com 2.0Ghz e com quatro núcleos. O fato é que, numa comparação direta com CPUs x86 de marcas como AMD, Intel e Via (ok, nem tanto a Via) eles podem não oferecer a força bruta necessária para trabalhos pesados, como um render de uma imagem 3D, vídeo ou imagem, mas consegue satisfazer perfeitamente as necessidades de um usuário normal.

A arquitetura ARM tem a vantagem de ser energeticamente mais eficiente e vem crescendo de uma forma muito rápida, com o anuncio do próximo Windows com versão ARM, resta especular como estará esse mercado daqui quatro anos.

Fonte: PCWorld