Televisores de plasma, LCD e CRT, projetores de LED… Tecnologias de todos os tamanhos e formatos estão dentro das nossas casas, cada uma possui vantagens sobre a outra, sendo impossível criar um consenso. Mas as tão esperadas telas OLED parecem vir ai para mudar isso. Possuem o contraste de uma Plasma, o consumo de uma LCD de Led e pode ser aplicada em pequenos e, futuramente, em enormes formatos. Mas vamos falar de hoje.

A Mitsubishi, comemorando o aniversário de 10 anos do museu nacional de Ciencias Novas Tecnologias e Inovação de Tóquio usou o seu know-how com telas OLED curvas para desenvolver uma lindissima peça de decoração para o museu, um globo terrestre. O “Geo Cosmos” será inaugurado no dia 11 de junho, sendo a primeira tela OLED esférica de grande escala do mundo, o globo exibirá várias imagens da terra retiradas de um satélite, as projeções possuem resolução de 10 milhões de pixels (que número…).

Apesar de uma peça decorativa milionária de um museu, o que interessa é a tecnologia. Estamos esperando por grandes televisores com tecnologia OLED para os próximos anos, mas já podemos sonhar com o que teremos nas próximas décadas.

O globo em construção:

Mais exemplos das telas da Mistubishi:

Fonte: Oled-Display