Enviar satélites, espaçonaves, cães, macacos, e até mesmo humanos sempre foi um objetivo alcançado apenas por governos e grandes empresas (com auxilio do governo), muito pelos custos e conhecimento envolto no ato de concepção e lançamento de um foguete. Apesar da sua forma minimalista, poucos entendem a complexidade que existe dentro de um, objeto que engenheiros e astrônomos gostam de chamar de “erupção programada”, pois é preciso muita energia para tirar algumas toneladas de massa da nossa gravidade.

Com a noticia de que um time teve sucesso no lançamento de um pequeno foguete, enormes possibilidades se abrem para o futuro, pois o conhecimento não estaria mais retido nas mão de organizações e do estado, mas nas mãos do homem comum. Concordo que são palavras humanistas demais, mas não custa sonhar com o dia em que a informação seja disponível para todos, e que o conhecimento esteja ao alcance de todos, para assim nossa civilização realmente evolua rumo as estrelas.

Fonte: Engadget