Certo, sabemos que para qualquer grande player do mercado, vender, ou até mesmo se aproximar desse número é uma meta e tanto, não para uma empresa como a Nintendo e seus consoles portáteis que sempre venderam feito água. Vamos lembrar que o Nintendo DS lançado em 2004 atingiu a mesma quantidade de vendas em apenas quatro dias, o 3DS só depois de treze semanas do lançamento. Vários motivos podem ter agravado essa lenta adoção do console de três dimensões: preço elevado, design (ok, não precisamos de uma tela do tamanho da do DS XL, mas é bem nítido que o 3DS poderia ter uma tela maior), jogos… Além de todo mundo já saber que em breve será lançada uma versão aprimorada do videogame. Acreditamos aqui que o ponto fraco foi realmente os jogos, nenhum grande game acompanhou o console no lançamento (vamos lá, quem comprou Super Street Fighter IV 3D certamente já jogava há tempos nos consoles de mesa), e apenas agora, a partir do lançamento do remake de Zelda Ocarina of Time pesos pesado devem chegar. A Nintendo precisa repensar o console, pois o Playstation Vita está chegando e ninguém sabe o tipo de estrago ele pode fazer na concorrência.

Fonte: Joystick