Viajar de trem por ai pode ser complicado quando falamos de Brasil. Existem poucas linhas ligando grandes cidades, além da lentidão das locomotivas, o que torna uma viagem de trem mais uma aventura do que uma viagem propriamente dita. Mas do outro lado do mundo – onde a estrutura governamental é mais avançada e já se percebeu a importância de trens e metrôs nas grandes cidades, vem mais uma novidade: O trem Maglev.

Bom, Maglev não é bem uma novidade, é aquela tecnologia de trens onde o magnetismo faz os vagões levitarem sobre o trilho. Já existe a décadas e até recordes de quebra de velocidade já foram batidos. Mas o detalhe aqui é que o governo japonês pretende ligar as suas maiores metrópoles por uma linha Maglev, assim o tempo de viagem entre Tokyo e Osaka cairia de 2 horas e 25 minutos, para apenas uma hora, já que esses trens viajam numa velocidade media de 500km/h. Assim como eu, você pode achar estranho a tecnologia já existir a décadas e só agora ser empregada em um grande empreendimento, mas o detalhe está exatamente ai. Projetos dessa mesma linha japonesa usando a levitação por magnetismo já existem há anos, mas os custos eram imensos (mesmo para uma economia desenvolvida como a japonesa), pois quase 60% da distancia de 515km será feita por túneis subterrâneos. Avanços tecnológicos permitiram que o custo total caísse, hoje a obra está orçada em $112 bilhões de dólares. E que fique pronta logo.

Fonte: Inhabitat