Já em 2012 a ARM espera colocar no mercado os primeiros chips que darão aos dispositivos móveis performance gráfica digna dos atuais consoles de última geração. Em ordem de melhorar a performance e manter o consumo elétrico dentro de parâmetros aceitáveis, a fabricante diz que só existe uma saída: a miniaturização. Assim a ARM está juntando no mesmo pacote CPU e GPU, ao mesmo tempo em que a deixa o chip cada vez menor. Mesmo que o poder de processamento aumente, a vida da bateria não parece seguir o mesmo processo, “a tecnologia das baterias não tem o crescimento da Lei de Moore”, diz a ARM. Diminuir o processo por si só não resolve todo o problema, pois um sofisticado sistema de gerenciamento de energia deve ser utilizado para balancear o consumo e a performance. Quando perguntada sobre o primeiro aparelho a utilizar o novo chip, a resposta veio rápido: Provavelmente um aparelho Samsung. O chip Mali-T604 está previsto para chegar ao mercado em algum dia de 2012.

Fonte