A NASA está envolvida no desenvolvimento de um pequeno recipiente, que de maneira inovadora, consegue reciclar urina humana a transformando em uma bebida açucarada. Como não podia deixar de ser, tal experimento tem como fim viagens espaciais, onde muito dinheiro é gasto em sofisticados métodos de reciclagem de líquidos. Atualmente, a tecnologia de filtros utiliza um maquinário que requer muita eletricidade do ônibus espacial, energia essa que obviamente é limitada e poderia ser utilizada de outras formas.

O sistema de reciclagem faz uso de um processo chamado “Osmose Avançada” (ou literalmente “Frente de Osmose), que coloca a urina dentro de uma membrana semi-impermeável que filtra uma sacola inteira em questão de horas. Pensando no lado econômico, as bolsas são tentadoras quando se lembra que cada meio quilo que se coloca no espaço sai ao custo de $10.000 dólares.

Fonte