Durante o Comitê de Inteligência e Segurança realizado no Reino Unido, Iain Lobban, diretor da GCHQ (Quartel General de Comunicações Governamentais), agência responsável por coletar informações sobre terroristas, disse que boa parte de seus especialistas está indo embora, já que estão sendo procurados por grandes empresas de internet e ofertados com melhores salários. Google, Microsoft e Amazon são as que mais cortejam os funcionários. “Eu preciso de pessoal qualificado para fazer o trabalho, nós precisamos analisar com cuidado essa situação. Eu posso ofertar para eles uma missão fantástica, mas não posso competir com o salários dessas empresas”, acrescentou.

Fonte