Uma pequena-nova-lua foi recentemente descoberta orbitando Plutão, o que se trata agora do quarto asteróide a circular o planeta anão. Descoberta por acaso, a lua, temporariamente chamada de P4, foi visualizada durante as pesquisas do telescópio Hubble, onde era procurado vestígios de anéis em Plutão. Com um diâmetro estimado de 13 a 34 quilômetros, o pequeno astro é bem menor do que as outras luas que orbitam Plutão. Para efeito de comparação, Charon, a maior lua, tem 1.043 Km de ponta a ponta, as outras duas menores variam entre 32 e 113 Km. “Eu acho incrível que as lentes do Hubble consigam nos mostrar um objeto tão pequeno numa distancia de mais de 5 bilhões de Km”, disse Mark Showalter, do Instituto SETI em Montain View. Especialistas acreditam que a P4 tenha sido formada por uma colisão de um enorme astro com Plutão no inicio da história do nosso sistema solar. Vale lembrar que toda aquela agitação de rochas gigantes se chocando com jovens planetas, foi o grande evento que formou a grande maioria das luas de todo o nosso sistema solar.

Fonte