As terras distantes do Príncipe Alwaleed Bin Talal estão localizadas no sul do Golfo Pérsico, e apesar de muitos imaginarem que seu PIB provém majoritariamente de petróleo e gás natural, é interessante saber que a maior fonte de renda do emirado provém do turismo, comércio e do setor imobiliário (principalmente depois do boom desse último).

Hoje em dia Dubai é vista como uma cidade extremamente moderna e futurista, é dito que se você é um bom arquiteto e tem alguma idéia maluca, as autoridades de cidade adorariam sentar para uma conversa. Por lá é possível encontrar o prédio mais alto do mundo, o Burj Khalifa, com 828 metros de altura, até, claro, alguém ter a idéia de fazer outro edifício ainda maior. A “Kingdom Tower” é um projeto elaborado pela firma de arquitetura Adrian Smith + Gordon Gill,  está orçado em $1.23 bilhões de dólares e promete ter ao menos 1000 metros de altura. A torre irá abrigar condomínios luxuosos, um hotel, um dos escritórios mais sofisticados do planeta, além de um observatório em seu topo – que pelas fotos deve rotineiramente ficar acima das nuvens. Apesar de incrível, é questionável esse tipo de empreendimento em Dubai, pois o Burj Khalifa, apesar de toda a pompa do seu lançamento, conta com apenas 75 dos seus 900 apartamentos vendidos até o momento.

Fonte: Inhabitat