Na primeira metade do século XX, a Europa vivia uma era de modernidade e um dos maiores símbolos desse período eram os dirigíveis. Como conseqüência, lugares para abrigar esses veículos estavam espalhados por quase todo o continente, e não custa lembrar que um dirigível de transporte de passageiros não é um aparelho grande, eles são/eram gigantescos. Um desses hangares resistiu ao tempo e graças a coragem e espírito inovador, foi transformado em um resort tropical nas proximidades de Berlim. Antes propriedade de uma empresa que desenvolvia dirigíveis de transporte, o espaço foi adquirido por um grupo da Malásia. Como já dito, o espaço interno é enorme: o teto possui 70.000 metros quadrados, foi construída uma piscina interna do tamanho de cinco piscinas olímpicas, sendo que a área interna total (todo o domo) possui um espaço de 5 milhões de metros cúbicos – dá para construir muita coisa. Lembrando que a temperatura interna é de 26 graus e que o revestimento sul do domo foi trocado por um teto transparente, garantido luz natural.

Contando ainda com uma pequena floresta tropical com 5 mil árvores, toboágua, pequenas vilas de mentira e vários outros detalhes, o investimento é interessante e ao mesmo tempo arriscado, pois em boa parte do ano essa área é coberta por neve. Caso você esteja interessado em se divertir em um clima quente de praia, e horas depois esquiar, não lembramos de alternativas melhores em outra parte do globo.

Com informações, Inhabitat