Taí uma coisa que pode dar o que falar… A Sony tem sido alvo de uma avalanche de processos depois que a empresa tomou a decisão de retirar o suporte ao Linux que acompanhava cada unidade do PS3 – novas versões já não possuem Linux – e claro, por perder dados de milhões de usuários com seu falho sistema de segurança. Como “incrível” solução para esses problemas, o que a empresa decidiu fazer? Na sua última atualização – que é obrigatória – ela colocou um anexo nos termos de concordância, onde, aceitando tais termos, você concorda em não se unir com outros usuários (uma ação de classe) e processar a Sony. O detalhe é onde os temos estão escritos, em um local que as pessoas já estão acostumados a aceitar sem ler, já que um mínimo de cinco novas atualizações de sistema são feitas por ano. Mais problemas para a empresa, talvez.

Com informações, ArsTecnica.