Apesar da ótima noticia referente a descoberta de água na lua, o que ajudaria – e muito – a colonização do nosso astro vizinho, ela pode não ser tão positiva se pensarmos nos avanços a curto prazo. Por quê? É de conhecimento geral que a China está levando adiante um ambicioso projeto de exploração espacial, com direito a uma estação espacial e colônia na Lua, mas a curto prazo, consta a instalação de um telescópio em solo lunar – lembrando que telescópios fora da nossa atmosfera são muito mais eficientes, principalmente por não sofrer com problemas de gases e refração de luz. O projeto do telescópio deve ser adiado, já que essa água é evaporada pelo sol e transformada em partículas de hidroxila, um composto formato por uma molécula de hidrogênio e outra de oxigênio, esse elemento na superfície da Lua causa refração da luz (ele reflete fragmentos da luz que deveriam chegar ao telescópio, assim como na Terra), diminuindo os benefícios do projeto. O projeto da China continua, mas informações sobre o telescópio Lunar são escassas (China…), e com tal noticia, difícil dizer se o projeto segue adiante.

Com informações, Physorg.