Sonda Espacial, Sonda extraterrestre, alienígenas, vida extraterrestre

Uma das maiores críticas dos criacionistas sobre vida fora do planeta Terra é a seguinte: se o espaço é tão imenso, com bilhões de estrelas, por que nunca encontramos vestígios de outra civilização ou formas de vida? Fora da discussão igreja versus ciência, os cientistas encontraram uma resposta: “ainda não procuramos o suficiente”.

“A vastidão do espaço, combinada com nossas limitadas pesquisas até o momento, implica que qualquer sonda exploratória de origem extraterrestre ainda não foi identificada” – explicam Jacob Haqq-Misra e Ravi Kumar Kopparapu, da Universidade de Penn State. De acordo com eles, sondas alienígenas, assim como as nossas, seriam pequenas e poderiam estar escondidas em uma enorme variedade de lugares – não foram notadas por nós, e no passo que estamos, irão demorar a ser.

“Artefatos extraterrestres devem existir em nosso sistema solar sem o nosso conhecimento, basicamente porquê não procuramos o suficiente. Nenhum dos trabalhos feitos no espaço até hoje seriam capazes de detectar uma sonda de 1-10 metros de tamanho” – acrescenta Kopparapu. O estudo da dupla faz muito sentido quando se analisa o grau de conhecimento que tempos do nosso sistema solar. Não conhecemos todas as cavernas e muito mesmo todo o oceano do planeta – apesar de não acreditarem que algo tenha caído na Terra – e só agora estamos fazendo um mapeamento total da Lua.

Os olhos dos dois estão mesmo no espaço, quando pensam em outros planetas ou cinturões de asteróides – lugares mais propícios para sondas desgarradas de seus trajetos. Se a nossa própria Voyager está deixando o nosso sistema solar rumo ao desconhecido, por que parar de pensar que encontraremos algo incrível na nossa própria vizinhança que mal conhecemos?

Com informações, TG Daily.